Respostas às suas perguntas

O que é e como se trata atualmente a atrofia maxilar severa?

0 h
para colocar dentes fixos

Existem situações em que o osso que forma o maxilar superior “encolhe-se”, diminuindo, por vezes, até desaparecer por completo. Este fenómeno é conhecido como “bocas sem osso” ou “bocas com pouco osso”. O resultado é um maxilar superior composto por seios maxilares muito pneumatizados que contêm muito ar e estão separados da boca por um tabique de osso de pouquíssimos milímetros. Informalmente, fala-se dos maxilares com “pouco osso” ou “sem osso” como aptos para implantes dentais convencionais. Atualmente, usamos o osso do pómulo ou osso zigomático para ancorar implantes e colocar dentes fixos em 24 horas.

Quais são as causas da atrofia maxilar?

Zygomatic Implant

A atrofia maxilar geralmente aparece após as extrações dentais, seja por motivo de infeção dental por caries, fraturas ou infeções periodentais à volta do dente como a periodontite ou a “piorreia”. O encolhimento ósseo do maxilar ocorre também após a perda de implantes dentais ou devido ao fracasso de enxertos ósseos. É comum que a atrofia maxilar se manifeste com maior gravidade nos setores posteriores da boca quando os enxertos de seio não funcionam. A falta de osso maxilar poder ser causada por fatores hormonais, pelo que é frequente que se manifeste em mulheres de meia idade. Por fim, a falta de osso maxilar pode aparecer em consequência do tratamento ressectivo de neoplasias que afetam o maciço craniofacial.

O que são os implantes zigomáticos?

Um implante zigomático é um implante maior do que o habitual que, a partir do osso residual do maxilar é ancorado no osso zigomático, malar ou osso das maças do rosto. O osso zigomático tem a característica de não se atrofiar, como o osso maxilar, no caso de perda dos dentes naturais.

O implante zigomático é utilizado para fixar dentes fixos em maxilares atróficos, evitando a necessidade e as complicações do uso de enxertos de osso no seio maxilar, nariz ou crista alveolar. Deste modo, os implantes zigomáticos constituem a melhor opção para reabilitar os dentes perdidos nas pessoas que não podem colocar implantes regulares pelo fato das suas bocas terem pouco osso maxilar.

Quanto tempo dura o tratamento?

0
Meses - Dentes fixos finales

Depois da intervenção para a colocação de implantes zigomáticos com a filosofia ZAGA e normalmente antes das primeiras 24 horas, o paciente recebe uma dentadura fixa conhecida como “prótese imediata”. Após um período de aproximadamente 4 meses de utilização dos dentes fixos provisórios, durante o qual é aconselhável uma dieta leve, é feita a prótese final. É normal que durante estes primeiros meses a gengiva passe por um processo de desinflamação, o que causa espaços cada vez maiores entre a prótese e a gengiva. A prótese posterior ocupa-se destes e de outros aspetos técnicos e estéticos.

Qual é a taxa de sucesso do tratamento?

0 %
sucesso aos 10 anos

O tratamento de desdentação oral mediante próteses fixas ancoradas sobre implantes zigomáticos tem uma taxa de sucesso muito alta, de cerca de 92% aos 10 anos. Hoje em dia, os novos desenvolvimentos, como o método ZAGA, além de melhorar o prognóstico, permitem também diminuir o número de complicações associadas.

Que tipo de dentadura terei depois do tratamento?

Depois da intervenção, normalmente antes das primeiras 24 horas, o paciente recebe uma dentadura fixa conhecida como “prótese imediata” para a colocação de implantes zigomáticos O processo de colocação de dentes fixamente aparafusados aos implantes imediatamente após a operação para a inserção dos implantes chama-se “carga imediata”. A carga imediata requer que o paciente entenda o processo biológico de reparação do tecido ósseo como a cura de uma fratura óssea com a ajuda de uma placa de fixação. Além das características técnicas que esta prótese imediata deve ter, é comum a recomendação de fazer uma dieta leve e de não fumar por um período de aproximadamente 4 meses.

O porquê da filosofia zaga para o meu tratamento com implantes zigomáticos?

Os especialistas que seguem a filosofia ZAGA compreendem e são solidários ao sofrimento do paciente, independentemente de como este o manifeste. Para qualquer membro da Zygoma Integrated Solutions, o objetivo do seu trabalho é a satisfação do paciente.
Graças à plataforma ZAGA, os Zaga Centers reúnem os pacientes da zona ou cidade, provenientes dos ZAGA Partners, que sofrem de atrofia maxilar severa. Tornando-os verdadeiros especialistas no tratamento da atrofia maxilar ou das bocas com pouco osso.
Os ZAGA Centers estão em constante comunicação com o seu dentista geral afiliado (ZAGA Partner) através da Plataforma ZAGA, permitindo ter sempre à disposição a informação necessária para o tratamento individualizado.
Os ZAGA Centers distinguem-se por terem à disposição e utilizarem protocolos para conseguirem resultados ótimos a longo prazo. Tendo também acesso à tecnologia mais inovadora, como é o caso dos designs dos implantes zigomáticos ZAGA, especialmente concebidos para se adaptarem a cada anatomia.