PERGUNTAS FREQUENTES

EM QUE CASOS SE RECOMENDA O USO DE IMPLANTES ZIGOMÁTICOS?

A intervenção de implantes zigomáticos é recomendada como último recurso para “bocas sem osso”, com o propósito de evitar o uso de enxertos ósseos mais agressivos e menos previsíveis. Quando o cirurgião responsável pelo seu tratamento no Zygoma Zaga Center utiliza a filosofia ZAGA para colocar implantes zigomáticos, o paciente terá, em apenas um dia, dentes fixos mais estéticos e parecidos com os seus originais. Recebe um tratamento menos invasivo, especificamente concebido para si de acordo com a sua anatomia, reduzindo as possibilidades de ter as complicações que surgem com outras técnicas de implantes zigomáticos e com um melhor prognóstico a longo prazo.

EXISTEM DIFERENTES FORMAS DE COLOCAR OS IMPLANTES ZIGOMÁTICOS?

Existem várias técnicas para colocar o implante zigomático, assim como diferentes tipos de implantes zigomáticos. Nem todas as técnicas de colocação de implantes no osso das maças do rosto, nem todos os diferentes tipos de implantes zigomáticos permitem obter os mesmos resultados.
Ao contrário de outros métodos, a colocação de implantes zigomáticos, baseada no método ZAGA, realiza-se através de uma osteotomia minimamente invasiva, seguindo um trajeto específico para cada paciente que habitualmente inclui de forma parcial o seio maxilar até à ancoragem no osso zigomático malar.

QUANTO TEMPO DURA O TRATAMENTO?

0 h
Dentes fixos provisórios

Depois da intervenção para a colocação de implantes zigomáticos com a filosofia ZAGA e normalmente antes das primeiras 24 horas, o paciente recebe uma dentadura fixa conhecida como “prótese imediata”.

0
Meses - Dentes fixos finales

Após um período de aproximadamente 4 meses de utilização dos dentes fixos provisórios, durante o qual é aconselhável uma dieta leve, é feita a prótese final. É normal que durante estes primeiros meses a gengiva passe por um processo de desinflamação, o que causa espaços cada vez maiores entre a prótese e a gengiva. A prótese posterior ocupa-se destes e de outros aspetos técnicos e estéticos.

QUE TESTES DIAGNÓSTICOS SERÃO NECESSÁRIOS?

Normalmente é necessário, além de uma exploração clínica intra-oral, uma radiografia panorâmica e uma radiografia computadorizada tipo Cone Beam CT. Estes exames não eliminam a possibilidade da realização de outros em caso de necessidade.

NO CASO DE FRACASSO DO IMPLANTE QUAIS SÃO AS POSSÍVEIS SOLUÇÕES?

As possíveis opções após um eventual fracasso dos implantes zigomáticos são escassas. Acreditamos sinceramente que na esmagadora maioria dos casos, o paciente que perde os dentes e sofre de atrofia severa no maxilar superior terá apenas UMA oportunidade para tratar a perda dental com dentes fixos. Por isso, é fundamental que o tratamento seja bem-sucedido na primeira tentativa. Por este motivo, é necessário utilizar os serviços de um centro altamente especializado na reabilitação da atrofia maxilar extrema mediante implantes zigomáticos.

O PORQUÊ DA FILOSOFIA ZAGA PARA O MEU TRATAMENTO COM IMPLANTES ZIGOMÁTICOS?

Os especialistas que seguem a filosofia ZAGA compreendem e são solidários ao sofrimento do paciente, independentemente de como este o manifeste. Para qualquer membro da Zygoma Integrated Solutions, o objetivo do seu trabalho é a satisfação do paciente.
Graças à plataforma ZAGA, os Zaga Centers reúnem os pacientes da zona ou cidade, provenientes dos ZAGA Partners, que sofrem de atrofia maxilar severa. Tornando-os verdadeiros especialistas no tratamento da atrofia maxilar ou das bocas com pouco osso.
Os ZAGA Centers estão em constante comunicação com o seu dentista geral afiliado (ZAGA Partner) através da Plataforma ZAGA, permitindo ter sempre à disposição a informação necessária para o tratamento individualizado.
Os ZAGA Centers distinguem-se por terem à disposição e utilizarem protocolos para conseguirem resultados ótimos a longo prazo. Tendo também acesso à tecnologia mais inovadora, como é o caso dos designs dos implantes zigomáticos ZAGA, especialmente concebidos para se adaptarem a cada anatomia.

OS IMPLANTES ZIGOMÁTICOS SÃO TODOS IGUAIS?

Existem diferenças entre os implantes zigomáticos que atualmente podemos encontrar no mercado. É necessário destacar que para a maximização do sucesso do tratamento a longo prazo, além da técnica cirúrgica, são também importantes o design e a composição do próprio implante. Por este motivo, os resultados e as possíveis complicações variam bastante de acordo com os materiais e a metodologia utilizada.
Na plataforma ZAGA promove-se não apenas a adaptação da técnica ao paciente, mas também o design do próprio implante. Por isso, concebemos novos implantes zigomáticos ZAGA. As suas dimensões adaptam-se especialmente bem a pacientes mais complexos afetados pela atrofia severa, como os de género feminino. A sua colocação requer de uma cirurgia menos invasiva. Os centros ZAGA têm acesso preferencial aos implantes e outros componentes com design ZAGA.

EM QUE CONSISTE O TRATAMENTO COM IMPLANTES ZIGOMÁTICOS SEGUINDO A FILOSOFIA ZAGA?

A colocação de implantes zigomáticos seguindo o método ZAGA é realizada por meio de uma osteotomia minimamente invasiva que segue um trajeto específico para cada paciente, que habitualmente inclui parcialmente o seio maxilar até à ancoragem no osso zigomático malar. O implante zigomático é utilizado para fixar os dentes fixos em maxilares atróficos, evitando-se a necessidade do uso de enxertos de osso no seio maxilar, nariz ou crista alveolar e respetivas complicações. Desta forma, os implantes zigomáticos constituem a melhor opção para reabilitar os dentes perdidos de pessoas em quem não é possível colocar implantes normais devido ao fato de suas bocas terem pouco osso maxilar.

QUAL É A TAXA DE SUCESSO DO TRATAMENTO?

0 %
sucesso aos 10 anos

O tratamento de desdentação oral mediante próteses fixas ancoradas sobre implantes zigomáticos tem uma taxa de sucesso muito alta, de cerca de 92% aos 10 anos. Hoje em dia, os novos desenvolvimentos, como o método ZAGA, além de melhorar o prognóstico, permitem também diminuir o número de complicações associadas.

PODEM HAVER COMPLICAÇÕES?

Como em qualquer cirurgia podem haver complicações, motivo pelo qual é necessário consultar o seu caso específico para conhecê-las em pormenor. De modo geral, através da filosofia ZAGA, evitam-se as frequentes complicações de comunicação buco-nasal ou buco-sinusal identificadas noutros sistemas usados até agora. Ao contrário do que ocorre com as técnicas tradicionais para a colocação de implantes zigomáticos, a prótese dental colocada com o método ZAGA ocupa um espaço natural na boca e as suas dimensões são muito parecidas com as dos dentes naturais, o que facilita a sua estética, manutenção e higiene.

QUE TIPO DE DENTADURA TEREI DEPOIS DO TRATAMENTO?

Depois da intervenção, normalmente antes das primeiras 24 horas, o paciente recebe uma dentadura fixa conhecida como “prótese imediata” para a colocação de implantes zigomáticos O processo de colocação de dentes fixamente aparafusados aos implantes imediatamente após a operação para a inserção dos implantes chama-se “carga imediata”. A carga imediata requer que o paciente entenda o processo biológico de reparação do tecido ósseo como a cura de uma fratura óssea com a ajuda de uma placa de fixação. Além das características técnicas que esta prótese imediata deve ter, é comum a recomendação de fazer uma dieta leve e de não fumar por um período de aproximadamente 4 meses.